GAITA

Trata-se de um pequeno instrumento de sopro cujos sons são produzidos por um conjunto de palhetas livres. Basicamente este instrumento conta com um conjunto de furos, sendo que é justamente por estes pequenos orifícios que o instrumentista consegue soprar ou sugar o ar.

Diferente de outros instrumentos, a Gaita não conta com uma caixa de ressonância, mas a técnica de se tocar este instrumento dá conta de que o gaitista pode criar a sua própria caixa de ressonância com as mãos, conseguindo produzir uma grande variedade de intensidade.

Segundo historiadores e pesquisadores, as Gaitas como a conheceram nos dias de hoje, foi inventada na Alemanha do século XVIII, mas o conceito de instrumento pode na verdade surgiu na Ásia.

O curso tem como principal objetivo ensinar os estudantes a tocar gaita, partindo das características básicas deste instrumento até chegar as técnicas um pouco mais avançadas onde os instrumentistas realmente conseguem usar a gaita em uma composição completa.

Durante o curso os estudantes poderão ter acesso a lições teóricas e práticas. É fundamental que os alunos sigam todo o cronograma do curso, incluindo fazendo os exercícios propostos para colocar em prática tudo aquilo que é repassado em aula. O aluno matriculado no curso de Gaita recebe como cortesia uma aula semanal de Linguagem e Percepção Musical.